Resenha Tarja Turunen – São Paulo @Tom Brasil 24.10.2015

abb5833d2101dc4e36b3ef300242ce1c

Por Sigryd Bagon
Fotos Valber Lima

A sexta-feira que antecedeu o show da cantora Tarja Turunen em São Paulo foi um dia atípico na vida dessa que vos fala. Ao acordar abri o inbox do Facebook e tinha uma mensagem de uma verdadeira “fada madrinha” me cedendo seu ingresso para ir ao evento. Não estava acreditando no que estava lendo e para ser sincera, só acreditei mesmo quando o retirei na bilheteria do Tom Brasil.
Mesmo não indo como imprensa, não poderia deixar de compartilhar a dimensão do espetáculo que presenciei.

Quando cheguei na porta do Tom Brasil (por volta de 19h30) a fila já estava grande e uma grande ansiedade tomava o lugar, tanto que as 19h59 já se ouvia o coro: “Abre! Abre! Abre!“. Enfim, as 20:01h as portas se abriram.
A noite foi duplamente finlandesa, já que a banda de abertura Mad Old Lady, conta com Timo Kaarkoski (conterrâneo de Tarja) nas guitarras. A banda brasileira mandou muito bem e o publico não ofereceu nenhuma resistência (como em alguns shows ainda acontece), curtindo muito a apresentação. Além de Timo, a banda conta com Eduardo Parras no vocal, Fernando Giovanetti no baixo, Thiago Moura também na guitarra, Guga Bento na bateria e Rafael Agostino no teclado para completar o time. O som autoral da banda agradou muito, porém o ponto alto foi o cover de “Enter Sandman” do Metallica.

Luzes apagadas e finalmente os músicos começam a se posicionar, um a um. E então a tão esperada cantora entra cantando “Phantom of The Opera” acompanhada do coro da plateia que estava bem eufórica. Entre esta primeira musica e a próxima, Tarja arrisca um “Boa noite São Paulo! Estou muito feliz de estar aqui com vocês“.

“500 Letters” é a segunda musica e nesse pouco tempo de show, ainda para quem não conhecia a fama da simpatia de Tarja, é fácil se encantar. A cantora acena e sorri o todo o tempo.
“Ciaran’s Well” e “Falling Awake” deram continuidade ao show. Em seguida Tarja diz que se sente em casa e agradece aos fãs pela presença e emenda a emocionante “I Walk Alone”.

Durante a apresentação, presentes foram arremessados ao palco e alguns a própria cantora recebeu das mãos de fãs que estavam na grade.
A faixa “Never Enough” contou com a saída de Tarja do palco, dando espaço para Alex Scholpp(guitarra), Julian Barret (guitarra), Pit Barret (baixo) e Nicolas Polo (bateria) mostrarem mais do seu entrosamento no palco do Tom Brasil.

Cantando “Dark Star”, ela retorna ao palco com outro figurino. Desta vez, trocou seu sobretudo preto rendado por uma saia longa azul e uma blusa de paetês com mescla de vermelho, preto e azul.
Para seguir o show vem “Neverlight”, que empolgou a galera que cantava em coro o refrão.
A lindíssima “Until Silence” antecedeu a novidade “No Bitter End” que fará parte do próximo álbum da cantora.

35d8336d23e01745061f465ab1d28793

Tarja também fez um cover de “Goldfinger”, canção tema do filme “James Bond – 007” e seguiu com “Deliverance” e novamente ela deixa o palco.

Uma pausa para ouvir o coro da plateia “Olê, olê, olê, olê Tarja Tarja” e então a bateria entra anunciando “Victim of Ritual” e a cantora volta com um sobretudo preto com capuz.
Para dar o gosto de lembrar da sua passagem pelo Nightwish, Tarja canta “Slaying the Dreamer”. Em seguida segue com “Die Alive”.
489a951bef75a4049e58e4407e13eb18
Hora de apresentar a banda e Nicolas (bateria) seria o último a ser anunciado, porém antes disso a plateia cantou “Parabéns a você” e Tarja trouxe um bolo até ele, e assim o anunciou.

Para fechar o show então veio “Until My Last Breath”, recebida com muita empolgação da parte do publico que ainda estava tomado por tamanha admiração pela carismática cantora. Mas para ela podia melhorar ainda mais e então ela desceu do palco para cumprimentar e se despedir do seu publico fiel mais de perto.

Quando estavam se preparando para deixar o palco se ouvia muitos pedidos de bis, incluindo pedidos de “Wishmaster” que era a maioria. E então atendendo ao pedido de mais uma canção, encerraram com “Over The Hills And Far Away”.

Confesso que minha admiração pela Tarja já era muito grande, porém após esse show posso dizer que isso dobrou. Seu carisma é o mesmo no palco e fora dele e a energia se prolonga por um show inteiro contagiando os fãs que ali estão. Fui a este show como fã, mas como parte da imprensa não poderia deixar de compartilhar minha satisfação com o restante do mundo. Que venham muitos outros mais shows dessa diva!

Agradecimentos a Valber Lima por ceder as imagens e a Camila Freitas por ceder seu ingresso em um gesto de tamanha gentileza.

Postado originalmente em: http://radionetrocker.com/default.php?pagina=noticias.php&site_id=154&pagina_id=68918&tipo=post&post_id=237

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s