Rafael Scapini: um jogador de futebol brasileiro na Finlândia

Rafinha HJK
por Sigryd Bagon
Rafael Scapini é um jogador de futebol brasileiro que jogou durante 7 anos de sua carreira na Finlândia. Nesta entrevista, Rafinha (como também é chamado no mundo do futebol) conta um pouco sobre as dificuldades de se adaptar ao país e outras curiosidades de sua carreira. Confira!
SL: Sua carreira começou no Campinas Futebol Clube e em 2005 você foi contratado pelo AC Oulu. Conte um pouquinho como foi essa transição de time e de país.
RS: Fui para Finlândia para um período de 2 semanas de teste. Fui com mais um amigo e no time estavam mais dois brasileiros. Depois de duas semanas assinei contrato de 1 ano. Morava com meu amigo Vitor que também assinou contrato por 1 ano e recebíamos muita ajuda de Pires e Luiz Antonio que jogavam na Finlândia já há algum tempo.
SL: Como você foi recebido pelo time?
RS: Fui recebido com um pé atrás pelos Finlandeses no primeiro momento. Afinal é a cultura deles, são um pouco frio nesse sentido, mas depois de duas semanas e já me conhecendo melhor, eles foram mais receptivos e tenho muitas amizades até hoje.
SL: Qual a maior dificuldade que você enfrentou para se adaptar a Finlândia?
RS:  As maiores dificuldades foram: claro, o frio, pois chegamos em março para uma cidade no norte da Finlândia, onde a temperatura é muito baixa nessa época do ano, a língua e a saudade da família e do Brasil foram difíceis nesse primeiro ano.
SL: Quais as semelhanças e as diferenças entre as torcidas brasileira e finlandesa?
RS: Os Finlandeses são frios nesse sentido também, os jogos parecem um teatro as vezes, o pessoal faz pouco barulho em relação a torcida brasileira.
SL: Qual foi o jogo mais marcante na sua vida durante os anos que jogou na Finlândia? Por que?
RS: Com certeza quando jogamos contra o Schalke 04 da Alemanha, quando vencemos em casa por 2 x 0! Essa semana o futebol foi o primeiro esporte no país, na imprensa, na tv e nas ruas só se falava em futebol e desse jogo. Também por abrir a possibilidade de uma transferência para uma liga melhor pra mim e pra outros mais 4 jogadores.
SL: Atualmente você joga no time belga Gent. Encontrou dificuldades para se adaptar ao novo país e ao novo time depois de 07 anos morando e jogando na Finlândia?
RS: Tive dificuldade na parte familiar, minha filha tinha um mês de idade quando me transferi pra Bélgica e foi muito difícil para meu filho e minha mulher também, pois todos estávamos acostumados com a rotina na Finlândia, mas dentro de campo foi tudo bem.
by Sigryd Bagon
Translated by Daniela Vergara

Rafael Scapini is a Brazilian footballer who played for 7 years in Finland. In this interview, Rafinha (a.k.a.) tells a little about his difficulties in adaptation to the country and other curiosities of his career. Check this out!

SL: Your career began in Campinas Football Club in 2005 and then you were hired by AC Oulu. Tell us a little bit  about how was the transition part. Team and country?
RS: I went to Finland for 2 weeks of testing with friend and they had other two Brazilians in the team, two weeks later I signed for 1 year. I lived with my friend Vitor who also signed for a year and we had the some help of Antonio Luiz Pires who had already been playing in Finland for a  time.

SL: How did the team receive you?
RS: I was received with a smell a rat behavior by the Finns at the beggining, but seems that this is part of their culture after all, they have a reserved attitude at the beginning in that sense, but after two weeks they had already known me better so they became more receptive and I have many friends over there nowadays.

SL: What were the greater difficulties you faced during the adaptation in  Finland?
RS: The greatest difficulties were cold weather, because we arrived in March in a city in northern Finland where the temperatures are very low at this time of year, the language, to be far from  family and Brazil were tough during this first year …

SL: What are the similarities and differences between the Brazilian and Finnish football fans?
RS: Finns have a cold attitude in this sense also as well, the matches it seems that you´re in a theater sometimes, Finns don´t make that Brazilian noise.

SL: What was the most memorable match during the time you were playing in Finland? Why?
RS:Certainly when we played against Schalke from Germany, when we won at home 2 x 0! This week football was the first sport in Finland, the press, the TV and people on streets were all talking about football and talking about this match. This game opened the possibility of a transfer to a better league for me and other four players.

SL: You play for the Belgian Gent currently. Tell us about  the difficulties of adaptation that you had, after 7 years living in Finland.
RS: I had some trouble in the family environment, my daughter was only a month old  when we moved to Belgium and this was specially difficult to my son and my wife, because we were all accustomed to the routine in Finland, but for me as a footballer everything was ok.

One thought on “Rafael Scapini: um jogador de futebol brasileiro na Finlândia

  1. Erick Santos says:

    Correção: Schalke 04, em vez de Shalke 04

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s